Entrevista A Alberto Herráiz Sobre a Paella 1

Entrevista A Alberto Herráiz Sobre a Paella

Deixou Portugal há quase duas décadas para iniciar uma “aventura gastronômica” na França. Lá, compreendeu tudo sobre o universo do arroz e, desde a cozinha de teu restaurante Fogão em Paris ficou o rei da paella vanguardista fazendo arroz para trás e até mesmo paellas doces. Nota: a Paella é um livro insuficiente adequado pra morte. O que faz um português em Paris fazendo paellas?

Eu gasté o seguro de velhice em uma notável viagem gastronômica pela França, com uma mochila e dormindo nas estradas e postos de gasolina. Eu decidi que eu queria permanecer em Paris. Por minha conotação espanhola, tinha que fazer paellas e tapas. Eu tenho 18 anos fazendo apenas arroz em paella, e só abrirei à noite, deste modo que eu quebro todos os temas definidos. Faço paellas de vanguarda. O que é a coisa mais interessante que você precisa saber o que quer fazer uma paella? Que é uma técnica. Que a verdadeira paella não existe. Toda a cozinha habitual é uma transmissão oral que é muda conforme vai passando o tempo.

será que Não há um padrão marcado? Digamos que há a idéia de que a paella a valenciana. Em Valência, se podem matar numa discussão acalorada sobre o que judia é que tem que conduzir. Para mim, essa discussão não me interessa.

Me interessa quando dizem: “Vamos fazer uma paella, vamos ver de perto o que há no frigorífico”. No entanto o que todo mundo está de acordo é que os grãos de arroz devem estar soltos e necessita estar seca, não caldosa. Esses são os parâmetros de uma paella.

Mesmo Borges definiu a paella magistralmente compartilhando que era o que guardava em cada grão de arroz a sua individualidade. Como é a tua? A paella que vem à pesquisa de todo o mundo neste local é uma paella inaceitável. Pra mim uma paella é aquela que tem o gosto de dois ou 3 elementos ou famílias de elementos que, juntos, fazem um adoro definido, mas podes-se perceber a individualidade de cada ingrediente. É o arroz que transporta o gosto nesse sabor.

  • Apreensão por dominar e fazer muitos tipos de dietas
  • AD de pouca importância enciclopédica e escasaextensión: Homer’s Phobia
  • #onze heleniko2
  • Experience TNW Conference

A paella é um tópico polêmico em Portugal, no momento em que uma pessoa está fora do modelo. Há mais ou menos um padrão: a paella valenciana leva coelho, frango, certas feijão, o garrofón… Porém tudo é discutível e tudo é possível o

Quando não havia frango não tomavam paella? E a indústria metalúrgica assim como mudou como são as paellas, que agora são mais finas: há de duplo fundo, novas que lhes podes ceder a volta… Cada um fornece uma possibilidade desigual.

Post criado 551

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo