Os 10 Melhores Destinos Para Viajar Sozinho 1

Os 10 Melhores Destinos Para Viajar Sozinho

Um fator importante pra dominar a arte de viajar sozinho é escolher o destino correto. Quer se trate de um percurso por inmensuráveis países, como de um passeio pela cidade de encerramento-de-semana, existem regiões mais indicadas do que algumas pra viajar; no entanto antes o sem-final de possibilidades, é dificultoso saber por onde começar.

Nós preparamos uma lista de dez destinos ideais pra viajantes solitários, catalogados por interesses. Assim, os adeptos das raves, o reiki, o ciclismo ou o turismo, desfrutar da tua experiência solitária iniciando a viagem com o pé nestes destinos.

Com montanhas para escalar, rios, onde praticar rafting, antigas ruínas por localizar e florestas pra percorrer a América do Sul é o destino de aventureiro definitivo. Que a sua magnitude não tenha a ninguém; é um destino mais favorável a viagem em solitário do que aparenta. Um período épico: Descer pela infame Estrada da Morte, pela Bolívia, em bicicleta de montanha e falar a jogada depois com outros ciclistas, tomando cerveja. Se há um país do sudeste asiático que poderá tornar-se o melhor de sempre gastronomicamente informando, este é o Vietnã.

Sutil em seus sabores e memorável no que respeita a diversidade, a cozinha vietnamita é um extenso atrativo para os viajantes, que prolongam seus desktops em mesas cheias trocando histórias de viagens após o quinto prato de bánh cuốn. Quem procura uma pausa da multidão deve manobrar as rotas, trilhos de Sapa (tranquilos, viajantes vorazes: haverá a todo o momento um prato de pho perto). Um ciclo épico: Aprender a cozinhar um banquete vietnamita.

Um território muito recomendável pra fazê-lo é a Hoi An’s Green Bamboo Cooking School. Um ciclo épico: Desfrutar de uma das classes holísticas (de yoga ao reiki) da zona. Existe um monte de estabelecimentos, a título de exemplo, Taksu Healing Haven.

Há quem responda que é mais fácil entrar no Berghain, o local noturna mais famosa de Berlim, se vai sozinho. Seja ou não verdade, este rumor revela a preferência da capital alemã pros viajantes solitários, atraídos até ela por ser uma das cidades mais acolhedoras e inclusivas da Europa.

  • Estão sujeitos a realizar o regulamento de Resolução de Reclamações
  • Casitti (conversa) 02:02 30 nov 2014 (UTC)
  • Os Gigantes (Teno)
  • Os empresários pedem estabilidade pra não ameaçar a recuperação econômica
  • A referência doze não diz nada do que anuncia o texto, parece que o sumário de uma revista. ¿¿
  • Efectuar uma reserva
  • 2 1993: Morte e álbum póstumo
  • Evite cores muito estridentes, pra evitar que um vestidos brega

Além disso, tudo se poderá visitar no solo ou em um circuito a pé em grupo. Um período épico: Entrar em um bar ou lugar à noite e acompanhar aonde leva a noite. Um estágio épico: Ver hipopótamos, elefantes e crocodilos pela Canaleta de Kazinga, no Parque Nacional da Rainha Elizabeth, em Uganda. Um momento épico: Descobrir os cafés e as originais boutiques da gentrificada urbanização de Tiong Bahru, dos anos trinta. Um ciclo épico: Visitar a Basílica de São Pedro e percorrer os 7 km de corredores dos Museus do Vaticano.

Portland, Oregon, é uma das cidades de moda nos Estados unidos e tem todas as vantagens culturais de uma amplo metrópole, no entanto com a intimidade de uma cidade pequena. Sua afabilidade reverbera desde os bares de vinhos, as microcervejarias e cafés da cidade, onde as discussões fluem com mais rapidez do que se servem as bebidas.

Post criado 551

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo