Segundo A Autoridade Fiscal 1

Segundo A Autoridade Fiscal

O Estado perde 438 milhões em um altamente ineficaz e incorreto programa de apoio à indústria que envolve subsidiar a fabricação de postos de serviço com o dobro do que custa a prestação de desemprego. AIReF no resumo de seu estudo, neste instante conhecida em amplos círculos da Administração, a despeito de não revelado pelo Governo.

de acordo com a Autoridade Fiscal, o vigor do Ministério da Indústria, em fazer empréstimos diretos pra corporações é avaliada com “embate nulo ou inverso, a médio tempo, os objetivos buscados no emprego, investimento e produtividade”. Sim, admite que, a curto período, têm vindo a fazer em torno de 33 000 empregos, mas com o referido gasto do dobro de pagar a taxa de desemprego.

  • 1 História e a ocorrência atual
  • Termina a construção das Torres Gêmeas de Nova York (manhattan)
  • dois O primeiro presidente que a habitou
  • Molas Ribalta, Pedro: Manual de História Moderna de Portugal. Madrid, 1988
  • quatro Lei Geral de Saúde
  • Instituto de Criminologia

Os desenvolvidos respondem à picaresca de que, em caso oposto, não se consegue a subvenção. Em conseqüência, “a AIReF propõe ao Governo não continuar a desenvolver o programa em seu estado atual”. Pede “uma redefinição de seu quadro estratégico, definindo objetivos específicos a que se deva conceder resposta”.

Garante que, até neste instante, “não está claro qual é o propósito prioritário por alcançar e a tua lógica de intervenção”. Também não “coincide com nenhuma outra iniciativa analisada em países de nosso entorno”. Critica-se, além disso, que os custos de gestão para a Administração “são desconhecidos”. Também se evidencia um exagero de financiamento” pra um espaço tão restrito do programa. Um porta-voz do Ministério de Indústria garante que vai ceder explicações após explorar o documento e na AIReF abdicam de fazer comentários. Empresas beneficiárias queixam-se assim como do funcionamento, segundo o estudo. A recuperação do dinheiro no momento em que uma organização não cumpriu o calculado é assim como acima.

Sobre as eleições presidenciais da Ucrânia de 2014, Yúshchenko citou que apoiava a Vitali Klichkó, e descreveu a Tymoshenko como “o candidato de Moscou”. Yúshchenko não se apresentou como candidato nessas eleições. Rejuvenescer as áreas rurais, eliminando a interferência estatal pela produção agrícola.

Membro da União Europeia e um acrescento no comércio e aperfeiçoar ao mesmo tempo as relações comerciais com a Rússia. Permitir aos eleitores escolher membros do parlamento nas áreas em que vivem. De acordo com Yúshchenko, um agradável futuro para a nação, é impossível sem uma unidade nacional. Segunda Guerra Mundial, tal contra a União Soviética contra a Alemanha nazista, o estatuto de veteranos de batalha. De acordo com Yúshchenko, os problemas nas relações entre a Ucrânia e a Rússia se necessitam a que os países seguem direções divergentes e têm uma série de valores diferentes.

Yúshchenko acredita que “a Guerra russo-georgiana de 2008, apresentava uma ameaça de que os líderes europeus ainda não tinham tocado”. Yúshchenko também acreditava que a queda financeira de 2008-09 podia ser tratada com a socorro da reconstrução de infra-suporte, a qual incluía a reconstrução de estradas. Também, o programa proibia a coleta de impostos anteriormente, traria de volta o IVA não reembolsável, criaria leis de impostos aproximados para todos e parar a interferência do governo em algumas corporações e setores inteiros da economia. Yúshchenko considera-se que uma tabela aberta de candidatos pra eleições parlamentares como uma das condições para erradicar a corrupção.

Vitalyna (n. Quinze de abril de 1980), na atualidade casada com Oleksiy Khakhlyov e tem dois filhos. Em 1998, casou-se com Kateryna Chumachenko, com quem tem três filhos. É ucraniana-americano nascido em Chicago. Estudou economia pela Universidade de Georgetown e ganhou um MBA na Universidade de Chicago. Também estudou no Instituto Ucraniano da Universidade de Harvard.

O atual presidente da Ucrânia Petró Poroshenko é o padrinho dos filhos de Yúshchenko. Embora prontamente não trabalha para o governo ucraniano, como ex-presidente da Ucrânia, continua vivendo em sua dacha estadual em Koncha-Zaspa. Como político, Viktor Yúshchenko é percebida por muitos como uma mistura de um nacionalista ucraniano e alguém orientado pro Ocidente.

Post criado 551

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo